Cursos específicos para BACEN e CVM   contato@macetesparaconcursos.com.br


Relatos de alguns de nossos aprovados...
Alexandre Guazzelli Afonso

Alexandre Guazzelli Afonso é economista graduado pela UFMG e com mestrado pela FGV-SP. Professor de Economia em cursos de pós-graduação da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Consultor com diversos trabalhos nas áreas de economia regional e urbana, indústria de construção civil, política habitacional, crédito imobiliário, infraestrutura, além de estudos de impacto ambiental de empreendimentos. Participou da elaboração de projeto de Operação Urbana Consorciada (Prefeitura de São Paulo), além de estudos sobre a produtividade da construção civil (FGV e CBIC), mercado de trabalho da construção no Rio de Janeiro (Odebrecht), plano de investimentos em saneamento (Foz/Saneatins) e de diversos diagnósticos socioeconômicos de municípios e regiões. Participou também da elaboração do Plano Nacional de Habitação (Ministério das Cidades), da estruturação do Fundo Municipal de Apoio à Habitação de Interesse Social de Diadema e da política de financiamento e subsídio habitacional de São Bernardo do Campo. Atuou como economista no Sindicato da Indústria da Construção Civil de São Paulo (2000-2002) e da FIESP (2005-2007). Atuou também na área financeira da COHAB-SP (2002-2005) e da Cobansa Companhia Hipotecária (2007-2009).

Mas, apesar de todo esse curriculum, não conseguia a aprovação... Assista ao video e saiba o que ele tem a dizer pra VOCÊ!   PLAY
Luiza Betina Petroll Rodrigues

Nunca prestei outro concurso que não o Bacen. Achava-me preparada: sou graduada e mestre em economia, trabalhava no setor bancário e dava aula em faculdade sobre o tema. Além disso, tinha feito outro cursinho durante seis meses, e tinha estudado com fervor. Para minha decepção, não passei no concurso de 2009.

Depois disso, vi que precisava de mais método, mais aprofundamento e mais tempo. Foi por isso que, um ano e meio antes do concurso seguinte, comecei a fazer um curso redação (para aprimorar, pois sempre escrevi bem). Mais ou menos um ano antes do concurso, conheci o Macetes, perfeito para quem já tem alguma noção do tema do concurso. As aulas no fim de semana (sábado e domingo) também eram perfeitas.

O Macetes me ajudou de muitas maneiras. Falou de temas que nenhum outro cursinho falou, de uma maneira bem aprofundada e com professores bem preparados. Ninguém se engane, o concurso do Bacen exige MUITO estudo e MUITA dedicação pessoal, e ajuda especializada é sempre bem vinda. Fiquei um ano inteiro sem vida social, combinando dois empregos, cursinho e estudo, mas consegui: passei, bem colocada, no concurso de 2013.
Mariana Sato

Fui aluna do Macetes em 2013, quando estudei para o concurso do Banco Central do mesmo ano. Fiz quase todos os cursos voltados para esse certame, inclusive os de revisão na semana que precedeu a prova. O que posso dizer é que minha experiência foi muito positiva; o nível do curso era altíssimo e o conteúdo ia além dos tópicos superficiais cobertos por outros cursos que eu tinha feito até então.

Um diferencial do Macetes é justamente o público alvo. Como o concurso do Banco Central tem disciplinas que só caem nessa prova, é muito difícil encontrar materiais e professores bons. Nesse sentido, o curso destaca-se por ser direcionado e, pelo menos na época, não havia outro curso presencial assim em São Paulo.

Os professores eram excelentes, com ótima formação e especializados no assunto. Eles deram muito suporte para os alunos, seja antes da prova, criando questões quando já tínhamos feito todas da banca, seja depois da prova, ajudando com os recursos. Em geral, os colegas de turma também apresentavam um alto nível, o que colaborava para o rendimento do grupo. Alguns já eram concursados, outros traziam experiência do mercado e muitos foram aprovados junto comigo e tornaram-se meus colegas no BC.

Sobre a minha experiência de estudo, quando decidi estudar para concursos, trabalhava em uma empresa multinacional, estava bem na carreira, mas via todo aquele stress e sabia que não era aquilo que eu queria para a minha vida. Por isso, decidi deixar meu emprego e utilizar as 8 horas que eu trabalhava para estudar. Nos dias da semana, estudava em uma biblioteca de faculdade para evitar distrações e abri mão de muitos finais de semana para fazer as aulas do Macetes.

Com o tempo, aprendi que, mais do que passar horas estudando, ter um bom planejamento, bons professores, bons materiais, foco e disciplina rendem muito mais. Fazer muitas e muitas questões também é fundamental. Nesse quesito, os professores e os materiais do Macetes me ajudaram muito e até arrisco dizer que, em grande parte, devo a eles minha aprovação.
Elizabeth Lins Cavalcante

Excelente o curso Macetes! Fiz o curso de Finanças, Supervisão Bancária, Resolução Bancária, Contabilidade Bancária, IFRS no Macetes. O curso foi bem direcionado para o conteúdo do edital do Banco Central. Todos os tópicos do edital foram abordados nas aulas ou nos materiais complementares enviados pelos professores. Não houve surpresa na hora da prova, apesar da prova ter sido muito, muito, difícil. Tudo que caiu na prova tinha sido abordado durante os cursos presenciais ou através dos materiais complementares enviados pelos professores. Esses cursos fizeram toda diferença para que eu fosse aprovada no concurso.

Os participantes e os professores estavam focados no edital do Banco Central. Isso fazia com que as aulas fossem objetivas e eficazes. As perguntas dos alunos também contribuíram muito para o entendimento das matérias. Muitos colegas do Macetes foram aprovados e tornaram-se meus colegas no banco.

Nível e especialização dos professores; Excelentes cursos e excelentes professores. Serei eternamente grata aos professores do Macetes. Graças a eles consegui fazer a prova, principalmente a redação da área 4, e fui aprovada no concurso. Os professores conhecem profundamente as matérias do edital e o escopo de atuação do Banco Central.

Além do Macetes, fiz outro curso preparatório para o concurso do Bacen na área de Contabilidade e Finanças, no entanto, diversos tópicos do edital não foram abordados e os professores não tinham o conhecimento requerido. Foi uma perda de tempo! Se tivesse restringido o meu estudo ao que foi ensinado nesse outro cursinho preparatório para o Bacen, provavelmente, não teria sido aprovada. O Macetes é um curso diferenciado e muito especializado para BACEN.

Estudei muito. Todos os dias das 9:00 às 18:00 hs durante um ano e meio, de segunda a sábado, e, às vezes, também estudava aos domingos. Além dos cursos conceituais presenciais fiz os cursos de exercícios do Macetes que eram muito bons. Fiz alguns cursos pela internet nas áreas de direito, português e técnicas de redação etc. que também me ajudaram na preparação para o concurso do banco. Fazer exercícios é muito importante, pois facilitam a compreensão dos conceitos. Também li o livro Manual de Contabilidade Bancária do Cláudio Filgueiras e fiz todos os exercícios do livro.